Vivências afetivas e sexuais dos idosos de uma Unidade de Saúde Familiar
PDF
PDF (English)

Palavras-chave

sexualidade
enfermeiro
família
pessoa idosa
enfermagem familiar

Como Citar

Faria, S., Pereira, M., Barroso, I., Monteiro, M., & Caramelo, A. (2024). Vivências afetivas e sexuais dos idosos de uma Unidade de Saúde Familiar. Revista De Investigação & Inovação Em Saúde, 7(1), 1–10. https://doi.org/10.37914/riis.v6i3.295

Resumo

Enquadramento: a sexualidade é um fenómeno complexo, mas pouco estudado na população idosa. Objetivo: descrever as vivências afetivas e sexuais dos idosos de uma Unidade de Saúde Familiar Metodologia: estudo exploratório, transversal e descritivo. Aplicado um questionário constituído por dados sociodemográficos e a Escala das Vivências Afetivas e Sexuais do Idoso (EVASI) de Kay Vieira (2012), a uma amostra de 62 idosos obtida de forma não probabilística, por conveniência. Resultados: os idosos têm uma atitude positiva em relação à sexualidade na velhice (M=4.63), e é vivenciada maioritariamente por afetos e valores. O ato sexual é menos frequente (M=2.69), mas reconhecem que melhora a autoestima (M= 3.69) e a relação do casal (M=3.76). Aceitam as mudanças causadas pelo envelhecimento (M=4.06), e apresentam uma autoimagem positiva em relação ao aspeto físico (M=4.13). Sentem que existe preconceito por parte da sociedade em relação à sexualidade na velhice (M=3.02) Conclusão: a sexualidade é vivida de forma diferente nesta fase da vida, mas igualmente importante. É importante que o enfermeiro de família integre na prática de cuidados, as atitudes menos positivas e os comportamentos que evitam este tema, e desmistifique estereótipos a fim de promover a expressão da sexualidade, e um envelhecimento saudável.

 

https://doi.org/10.37914/riis.v6i3.295
PDF
PDF (English)

Referências

Alencar, D. L., Marques, A. P., Leal, M. C., & Vieira, J. C. (2016). Exercício da sexualidade em pessoas idosas e os fatores relacionados. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 19(5), 861-869. https://doi.org/10.1590/1809-98232016019.160028

Alencar, D., Marques, A., Leal, M., & Vieira, J. (2014). Fatores que interferem na sexualidade de idosos: Uma revisão integrativa. Ciência & Saúde Coletiva, 19(8), 3533-3542. https://doi.org/10.1590/1413-81232014198.12092013

Antunes, E., Soutto Mayor, A., Almeida, T., & Lourenço, M. (2010). Considerações sobre o amor e a sexualidade na maturidade. https://www.academia. edu/1059943/ Considera%C3%A7%C3%B5es_sobre_o_Amor_ea_Sexualidade_na_Maturidade

Bessa, M. E., Viana, A. F., Bezerra, C. P., Souza, L. B., Almeida, J. J., & Wanderley, L. W. (2010). Percepção de idosos residentes em instituições de longa permanência acerca da sexualidade na terceira idade. Cadernos da Escola de Saúde Pública do Ceará, 4(2), 19-24. http://cadernos.esp.ce.gov.br/index.php/cadernos/article/view/45

Cambão, M., Sousa, L., Santos, M., Mimoso, S., Correia, S., & Sobral, D. (2019). QualiSex: estudo da associação entre a qualidade de vida e a sexualidade nos idosos numa população do Porto. Revista Portuguesa de Clínica Geral, 35(1), 12-20. https://doi.org/10.32385/rpmgf.v35i1.11932

Campos, S. O., Scorsolini-Comin, F., & Santos, M. A. (2017). Transformações da conjugalidade em casamentos de longa duração. Psicologia Clínica, 29(1), 69- 89. http://pepsic.bvsalud.org/pdf/pc/v29n1/a06.pdf

Cavalcante, H., Guedes, E., Viana, G., Oliveira, L., Mendonça, P., & Silva, W. (2019). Abordagem da temática sexualidade com mulheres na terceira idade: Relato de experiência. In S. M. Rosa, (Org.), Políticas de envelhecimento populacional 2 (pp. 180-187). Editora Atena. https://doi.org/10.22533/at.ed.772191311

Faria, S., Monteiro, M., & Caramelo, A. (2021). Vivências Afetivas e Sexuais e a Felicidade Subjetiva dos Idosos de uma Unidade de Saúde Familiar do Norte do País. [Dissertação de Mestrado, Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro]. Repositório. http://hdl.handle.net/10348/11117

Guerreiro, M., Silva, AP., Botelho, M., Leitão, O., Castro-Caldas, A., Garcia, L. (1994). Adaptação à população portuguesa da tradução do Mini Mental State Examination (MMSE). Revista Portuguesa de Neurologia, 1-9.

Lobo, M. F., & Cândido, A. D. (2017). Representações sociais dos idosos quanto à sexualidade. Id on Line Revista de Psicologia, 11(38), 585-596. https://idonline. emnuvens.com.br/id/article/view/923/1345

Mantovani, E. P., Lucca, S., & Neri, A. L. (2016). Associações entre significados de velhice e bem-estar subjetivo indicado por satisfação em idosos. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 19(2), 203-222. https://doi.org/10.1590/1809-98232016019.150041

Organização Mundial de Saúde. (2015). Relatório mundial de envelhecimento e saúde: Resumo. http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/186468/6/WHO_FWC_ALC_15.01 _por.pdf?ua=1

Paulo, F., Ferreira, M., & Filho, R. (2021). Contributo das terapias integrativas na sexualidade da mulher com neoplasia da mama: scoping review. Revista de investigação & inovação em Saúde. 4(1), 99-110. https//doi.org/10.37914/riis.v4i1.143

Portella, M. R., Scortegagna, H. M., Pichler, N. A., & Graeff, D. B. (2017). Felicidade e satisfação com a vida: Voz de mulheres adultas e idosas. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, 14(1), 93-101. http://seer.upf.br/index.php/rbceh/article/view/5960/pdf

Rozendo, A., & Alves, J. (2015). Sexualidade na terceira idade: Tabus e realidade. Revista Kairós : Gerontologia, 18(3), 95-99. https://revistas.pucsp.br/index. php/kairos/article/view/26210/18869

Santana, M. C. (2017). Sexualidade na velhice: Silêncio discreto. Revista Brasileira de Sexualidade Humana, 28(2), 35-40.

Santos, S. C., Souza, M. A., Pereira, J. S., Alexandre, A. C., & Rodrigues, K. F. (2020). A percepção dos idosos sobre a sexualidade e o envelhecimento. Brazilian Journal of Health Review, 3(2), 3486-3503. https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-180

Silva Jr., F. J., Marques, A. C., Macedo, L. M., Barbosa, T. D., & Rocha, F. C. (2009). A visão do idoso sobre sua sexualidade: Uma contribuição da enfermagem. In 61º Congresso Brasileiro de Enfermagem (pp. 195-207), Fortaleza, Brasil, 07 a 10 de dezembro. http://www.abeneventos.com.br/anais_61cben/files/00036.pdf

Teixeira, M. M., Rosa, R. P., Silva, S. N., & Bacaicoa, M. H. (2012). O enfermeiro frente à sexualidade na terceira idade. Revista da Universidade Ibirapuera, 3, 50-53. http://www.revistaunib.com.br/vol3/47.pdf

Vieira, K. F. (2012). Sexualidade e qualidade de vida do idoso: Desafios contemporâneos e repercussões psicossociais. Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Paraíba, João Pessoa, Brasil. https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/6908?locale=pt_BR

Vieira, K. F., Coutinho, M., & Saraiva, E. (2016). A sexualidade na velhice: Representações sociais de idosos frequentadores de um grupo de convivência. Psicologia: Ciência e Profissão, 36(1), 196-209. http://www.scielo.br/pdf/pcp/v36n1/1982-3703-pcp-36-1-0196.pdf

Vieira, S., Hassamo, V., Branco, V., & Vilelas, J. (2014). A vivência da sexualidade saudável nos idosos: O contributo do enfermeiro. Salutis Scientia - Revista de Ciências da Saúde da ESSCVP, 13.

Uchôa, Y., Costa, D., Junior, I., Silva, S., Freitas, W., Soares, S. (2016). A sexualidade sob o olhar da pessoa idosa. Revista Brasileira Geriatria e Gerontologia, 19(6): 939-949. http://dx.doi.org/10.1590/1981-22562016019.150189

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição 4.0.

Direitos de Autor (c) 2023 Susana Faria; Maria Pereira, Isabel Barroso, Maria Monteiro, Ana Caramelo