Satisfação familiar em unidades de cuidados intensivos: revisão integrativa da literatura
PDF

Palavras-chave

satisfação do doente; cuidados intensivos; FS-ICU-24

Como Citar

Mar, M. J., Esteves, N., & Sousa , A. S. (2020). Satisfação familiar em unidades de cuidados intensivos: revisão integrativa da literatura. Revista De Investigação & Inovação Em Saúde, 3(1), 67-77. https://doi.org/10.37914/riis.v3i1.61

Resumo

Enquadramento: a dificuldade para avaliar a satisfação do doente numa unidade de cuidados intensivos (UCI) determina que para aferir a qualidade dos cuidados nestas unidades seja considerada a satisfação familiar. Objetivos: verificar a viabilidade do questionário ‘FS-ICU-24’ enquanto instrumento para avaliar a satisfação familiar; identificar níveis de satisfação através do questionário com enfase nos itens onde os níveis são mais baixos e estratégias para aumentar a satisfação. Metodologia: revisão integrativa com análise de artigos publicados entre 2014 e 2019 na base de dados EBSCO e no FSICU.org. Descritores: Satisfação do doente; Cuidados intensivos; FS-ICU-24. Para sistematizar a informação, foi elaborada uma tabela com os pontos: autores e ano; país, objetivos do estudo; resultados e participantes. Resultados: o FS-ICU-24 é um bom instrumento para aferir a satisfação familiar na UCI. Os níveis de satisfação familiar são altos (Superiores a 70%). Nas questões de resposta aberta, familiares indicam aspetos menos positivos como o ambiente físico e a comunicação. Algumas das hipóteses de melhoria sugeridas são proporcionar privacidade na sala de espera e treino à equipa em comunicação. Conclusão: a revisão integrativa evidencia que o FS-ICU-24 permite aferir a satisfação familiar e identificar pontos a melhorar na UCI.

https://doi.org/10.37914/riis.v3i1.61
PDF

Referências

Clark, K., Milner, K. A., Beck, M., & Mason, V. (2016). Measuring Family Satisfaction With Care Delivered in the Intensive Care Unit. Critical Care Nurse, 36(6), e8–e14. doi:10.1111/ijn.12153

Dale, B., & Frivold, G. (2019). Psychometric Testing of the Norwegian Version of the Questionnaire Family Satisfaction in the Intensive Care Unit (FS-ICU-24). Journal of Multidisciplinary Healthcare, 11, 653-659.

Ferrando, P., Gould, D., Walmsley, E., Richards-Belle, A., Canter, R., Saunders,… Rowan, K. (2019). Family Satisfaction with critical care in the UK: a multicenter cohort study. BMJ Open, 9:e028956. Doi10.1136/bmjopen-2019-028956

Fumis, R., Nishimoto, I., & Deheinzelin, D. (2008). Families interactions with physicians in the intensive care unit: the impact on family's satisfaction. J Crit Care, 23(3), 281-286

Heyland, D.K., & Tranmer, J.E. (2001). Measuring family satisfaction with care in the intensive care unit: the development of a questionnaire and preliminary results. J Crit Care, 16(4), 142-149

Ismael, S.A. (2010). família do paciente em UTI. In: Mello, F.J. (org.) Doença e família (pp. 251-258). São Paulo: Casa do Psicólogo

Kim, Y., Min, J., Lim, G., Lee, J., Lee, H., Lee … Lee, Y. (2017). Transcultural Adaptation and Validation of the Family Satisfaction in the Intensive Care Unit Questionnaire in a Korean Sample. The Korean Journal of Critical Care Medicine. 32(1) 60-69 Retirado de 10.4266/kjccm.2016.00962.

Lyes, S., Richards-Belle, A., Connolly, B., M. Rowan, K., Hinton, L., & Locock, L. (2019). Can the UK 24-item family satisfaction in the intensive care unit questionnaire be used to evaluate quality improvement strategies aimed at improving family satisfaction with the ICU? A qualitative study. Journal of the Intensive Care, 0(0), 1-8.https://doi.org/10.1177/1751143719883563

Neves, J., Schwartz, E., Guanilo, M., Amestoy, S., Mendieta, M., & Lise, F. (2018). Avaliação da Satisfação de Familiares de Pacientes Atendidos em Unidades de Terapia Intensiva: Revisão Integrativa. Texto Contexto Enfermagem.27(2),1-12 http://dx.doi.org/10.1590/0104-070720180001800016

Neves F., Dantas, M.P, Bitencourt, A.G.V, Vieira, O.S., Magalhães, L.T., & Teles, J.M.M. (2009). Analysis of family satisfaction in intensive care unit. Rev Bras Ter Intensiva. 21(1), 32-37 Available from: http://www.scielo.br/pdf/rbti/v21n1/en_v21n1a05.pdf

Souza, M., Silva, M., & Carvalho, R. (2010). Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein. 8(1),102-6

Tastan, S., Iyigun, E., Ayhan, H., Kılıckaya, O., Yılmaz, A. A., & Kurt, E. (2013). Validity and reliability of Turkish version of family satisfaction in the intensive care unit. International Journal of Nursing Practice, 20(3), 320–326. doi:10.1111/ijn.12153

Wall, R.J., Engelberg, R., Downey, L., Heyland, D.K., & Curtis, J.R. (2007). Refinement, scoring and validation of the family satisfaction in the intensive care unit (FS-ICU) survey. Crit Care Med, 35(1), 271-279