A gestão do conhecimento em contexto hospitalar: uma scoping review
PDF

Palavras-chave

Gestão do conhecimento; Hospital; Profissionais de Saúde; Gestores de Saúde.

Como Citar

Mesquita, A., Santos, D., & Raposo, V. . (2021). A gestão do conhecimento em contexto hospitalar: uma scoping review . Revista De Investigação & Inovação Em Saúde, 4(2). https://doi.org/10.37914/riis.v4i2.172

Resumo

Enquadramento: a implementação da gestão do conhecimento nas organizações hospitalares é considerada um elemento essencial de uma boa governação, que permite dar resposta aos desafios que surgem diariamente com maior facilidade, efetividade e eficiência. Contudo, existem inúmeros fatores influenciadores da implementação deste conceito de interesse nas organizações hospitalares, sendo pertinente identificá-los. Objetivo: mapear os fatores que influenciam a implementação da gestão do conhecimento no contexto hospitalar pelos clínicos e pelos gestores em saúde. Metodologia: scoping review realizada segundo: Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses Extension for Scoping Reviews. Foi realizada uma pesquisa em bases de dados científicas sem restrição ao espaço temporal e nos idiomas português, inglês e espanhol. O processo de seleção de estudos, extração de dados e síntese da informação foi concretizado apenas por um autor. Resultados: através dos quatro estudos incluídos nesta revisão, foi possível identificar 16 fatores influenciadores da implementação da gestão do conhecimento em contexto hospitalar pelos clínicos e gestores em saúde. Conclusão: o mapeamento dos fatores influenciadores permite o desenvolvimento de estratégias organizacionais para potenciar ou colmatar os mesmos, tendo em vista ganhos em saúde e uma boa governação hospitalar. Também serão necessários mais estudos primários, essencialmente em contexto português

https://doi.org/10.37914/riis.v4i2.172
PDF

Referências

Ajmal, M., Helo, P., & Kekäle, T. (2010). Critical factors for knowledge management in project business. Journal of Knowledge Management, 14(1), 156-168. http:// dx.doi.org/10.1108/13673271011015633.

American Productivity & QualityCenter. (2021). Knowledge Management. Recuperado de https://www.apqc.org/expertise/knowledge-management

Besen, F., Tecchio, E., & Fialho, F. A. P. (2017). Liderança autêntica e a gestão do conhecimento. Gestão & Produção, 24(1), 2-14. doi: 10.1590/0104-530X898-13

Chen, Y. H., Liu, C. F., & Hwang, H. G. (2011). Key factors affecting healthcare professionals to adopt knowledge management: The case of infection control departments of Taiwanese hospitals. Expert Systems with Applications, 38(1), 450-457. doi: 10.1016/j.eswa.2010.06.085

Clare, M., & Detore, A. W. (2000). Knowledge assets: Professional's guide to valuation and financial management. Harcourt Legal & Professional Publications, Incorporated.

Cruz, S. G., & Ferreira, M. M. F. (2015). Perceção de cultura organizacional e de gestão do conhecimento em hospitais com diferentes modelos de gestão. Revista de Enfermagem Referência, (5), 75-83. doi: 10.12707/RIV14065

Davenport, T. H., & Glaser, J. (2002). Just-in-time delivery comes to knowledge management. Harvard business review, 80(7), 107-11.

Davenport, T. H., DeLong, D. W., & Beers, M. C. (1998). Successful knowledge management projects. Sloan Management Review, 39(2), 43–57. Recuperado de https://www.researchgate.net/profile/Thomas_Davenport2/publication/200045855_Building_Successful_Knowledge_Management_Projects/links/53db93a40cf216e4210bf847.pdf

Dzulkifli, A. M., Arifin, M. A., & Salmah, A. U. (2020). Effect of the principles of good corporate governance on satisfaction of inpatients at Bahagia type c hospital, Makassar City. Enfermería Clínica, 30, 257-260. doi: 10.1016/j.enfcli.2019.10.079

Eeckloo, K., Van Herck, G., Van Hulle, C., & Vleugels, A. (2004). From Corporate Governance To Hospital Governance.: Authority, transparency and accountability of Belgian non-profit hospitals’ board and management. Health Policy, 68(1), 1-15. doi: 10.1016/j.healthpol.2003.07.009

Ein-Dor, P., & Segev, E. (1978). Organizational context and the success of management information system. Management Science, 24(10), 1064–1077. doi: 10.1287/mnsc.24.10.1064

El Morr, C., & Subercaze, J. (2010). Knowledge management in healthcare. In Handbook of research on developments in e-health and telemedicine: technological and social perspectives (pp. 490-510). IGI Global.

El Morr, C., & Subercaze, J. (2010). Knowledge management in health care. In Cunha, M. M. C., Tavares, A. J., & Simões, R. (Eds.), Handbook of research on developments in e-health and telemedicine: Technological and social perspetives. USA: IGI Global.

Lee, E. J., Kim, H. S., & Kim, H. Y. (2014). Relationships between core factors of knowledge management in hospital nursing organisations and outcomes of nursing performance. Journal of clinical nursing, 23(23-24), 3513-3524. doi: 10.1111/jocn.12603

Lee, H. S. (2017). Knowledge management enablers and process in hospital organizations. Osong public health and research perspectives, 8(1), 26. doi: 10.24171/j.phrp.2017.8.1.04

Maier, R. (2005). Knowledge management systems: information and communication technologies for knowledge management. Computing Reviews, 46(1), 24.

Marion, G. (1999). Barriers to the adoption of computerized technology in health care systems. Topic in Health Information Management, 19(4), 1–19.

Observatório Português dos Sistemas de Saúde (2009). 10/30Anos: Razões para continuar. Relatório de Primavera 2009. Lisboa: Escola Nacional de Saúde Pública

Ramachandran, S. D., Chong, S. C., & Wong, K. Y. (2013). Knowledge management practices and enablers in public universities: A gap analysis. Campus-Wide Information Systems, 30(2), 76-94. doi: 10.1108/10650741311306273.

Sakellarides, C. T. (2003). El valor de la salud y su" gobierno" en un mumdo globalizado posmoderno: el encuentro de la bella y la bestia. Humanitas, Humanidades Médicas, 1(3), 255-264.

Tricco, A. C., Lillie, E., Zarin, W., O'Brien, K. K., Colquhoun, H., Levac, D., ... & Hempel, S. (2018). PRISMA extension for scoping reviews (PRISMA-ScR): checklist and explanation. Annals of internal medicine, 169(7), 467-473. doi: 10.7326/M18- 0850

Wong, K. Y., & Aspinwall, E. (2005). An empirical study of the important factors for knowledge-management adoption in the SME sector. Journal of Knowledge Management, 9(3), 64-82. doi: 10.1108/1367327051060277

World Health Organization. (2020). Hospitals. Recuperado de https://www.who.int/health-topics/hospitals

Creative Commons License

Este trabalho encontra-se publicado com a Licença Internacional Creative Commons Atribuição 4.0.

Direitos de Autor (c) 2021 Andreia Mesquita, Diana Gabriela Simões Marques dos Santos, Vítor Manuel dos Reis Raposo